A fábrica de ônibus e caminhões da Volkswagen em Resende, no Rio de Janeiro, conseguiu diminuir o consumo de água e energia e aumentou a capacidade de reciclagem de resíduos.

Os índices significam um avanço para a montadora na área de sustentabilidade nos últimos três anos. A quantidade de lixo reciclado passou de 56% para 81% desde 2017 e o consumo de energia elétrica caiu 5% no ano passado.

Para evitar o desperdício de água, a Volks colocou um novo sistema de banhos de pré-tratamento na pintura de cabines. Com essa mudança, a fábrica poderá reduzir o consumo anual de água em 450 mil litros.

“O plano é melhorar esses índices cada vez mais, como parte do compromisso ambiental ao mesmo tempo em que investimos para o consumo mais eficiente de energia, água e outros recursos naturais”, contou Adilson Dezoto, vice-presidente de produção e logística.

Além de melhorar a coleta seletiva na fábrica e economizar recursos, a Volkswagen faz campanhas de conscientização com os funcionários para continuar ampliando a capacidade de reciclagem.

A montadora fez um plantio de árvores nativas da Mata Atlântica reforçando a mata ciliar nas margens do Rio Paraíba do Sul, ao redor da fábrica. São mais de 20 espécies que vão se somar às 300 mil mudas que já cresceram na região, plantadas pela Volkswagen Caminhões e Ônibus ao longo de sua história em Resende.