Consumidor quer a garantia de que o café que está tomando foi produzido de maneira sócio e ambientalmente responsável

 

Com o objetivo de promover o conceito de origem controlada e sua conexão com o futuro do café, especialistas vão participar, no próximo 19 de novembro (2020) do seminário on-line promovido pelo Sebrae Minas.

O Minas Coffee Origins Summit irá debater “uma cadeia produtiva cada vez mais transparente” na Semana Internacional do Café.

“Precisamos discutir em profundidade sobre o que queremos para o futuro do café no Brasil e, principalmente, o que esperam de nós enquanto os maiores produtores do mundo. Sem dúvida, o debate aborda um modelo mais ético e transparente para a cadeia produtiva”, disse Priscilla Lins, gerente da Unidade de Agronegócio do Sebrae Minas.

Priscila lembra que o consumidoR está preocupado com as questões sociais que estão envolvidas na produção:

“O consumidor não quer apenas a qualidade, mas exige a transparência que compõe a produção; quer a garantia de que a produção do café seguiu de maneira sócio e ambientalmente responsável”, afirmando que a clareza nos processos tornou-se imprescindível.

Assim, o Sebrae criou a plataforma Minas Coffee Origins e leva para a Semana do Café um seminário focado no propósito de divulgar mais essa prática, já que reconhecer e certificar essas regiões confere identidade, visibilidade e agrega valor ao produto gerado nessas localidades.

Minas Gerais conta com três regiões produtoras de cafés de altíssima qualidade, reconhecidos e premiados no mundo todo: Cerrado Mineiro, Matas de Minas e Mantiqueira de Minas, que apresentam produtos com pontuação acima de 80 pontos da SCA (Specialty Coffee Association), mas com características específicas em relação a sabor, aroma, corpo, acidez e finalização, nuances que levam personalidade para a bebida de cada região.

A Semana Internacional do Café é realizada desde 2013 em Belo Horizonte, capital do maior estado produtor do país, e tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais para o consumidor interno e países compradores

Devido a pandemia, neste ano o evento será realizada de forma digital, com o patrocínio da Nestlé, Sistema Ocemg, Melitta, Sicoob, Cooxupé e Kahlúa.

www.semanainternacionaldocafe.com.br

Facebook e Twitter: @semanadocafe

Instagram: @semanainternacionaldocafe