Jovens aprendem educação ambiental no Paraná

0
4235

Projeto quer mostrar oportunidades de desenvolvimento pessoal e empreendedorismo preservando a biodiversidade da região

Trinta e cinco jovens entre 16 e 18 anos se formaram em Educação Ambiental pela Escola de Conservação da Natureza, no município de Guaraqueçaba, litoral do Paraná. É a segunda turma formada pelo projeto da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), com apoio do Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

As aulas foram gratuitas, aplicadas por especialistas em legislação ambiental, fauna e flora da mata atlântica, planejamento de vida e empreendedorismo local baseado na conservação da natureza.

“O objetivo é mostrar para os jovens que existem muitas oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional que podem ser exploradas no município, desde opções de atuação como cientistas ou pesquisadores, até mesmo como empreendedores, sempre respeitando e prezando pela conservação da natureza”, disse Solange Latenek, coordenadora técnica do projeto.

Em dezembro, a turma partiu para uma expedição com destino à Ilha Rasa, para monitorar os ninhos do papagaio-de-cara-roxa – espécie que só existe no litoral norte do Paraná e no litoral sul de São Paulo – com o objetivo de colocar em prática o que aprenderam em sala de aula.