Projeto do iFood educa e alimenta 12 mil crianças da rede pública de ensino

Mais da metade da população brasileira vive em situação de insegurança alimentar, ou seja, não tem condições financeiras para obtenção de uma alimentação adequada, portanto vivem com fome ou sem a segurança de que terá como se alimentar a cada dia.

Diante desse quadro, o iFood, empresa de delivery de comida, implantou um programa de hortas urbanas em escolas públicas com o apoio de empresas parceiras e em menos de um ano (o projeto começou em setembro do ano passado) foram produzidas 17 toneladas de alimentos, com uma variedade de 25 tipos de hortaliças e legumes.

O projeto já beneficiou 12 mil pessoas da rede pública de ensino.

“Mais do que complementar a merenda, as hortas são têm um fator educacional; 61% dos pais ouvidos em nosso levantamento dizem que o projeto da horta ajudou na melhoria da dieta da família”, disse André Borges, head de sustentabilidade do iFood.

As hortas urbanas alimentam alunos de três escolas da rede pública, localizadas na Zona Leste de São Paulo e Ferraz de Vasconcelos (SP). As instituições parceiras envolvidas são a ONG Cidades Sem Fome, Gerando Falcões, Pé de Feijão e Prato Verde Sustentável.

Mais dois projetos de hortas ecológicas em escolas promovidos pelo iFood estão em implementação em Osasco, em parceria com a secretaria de segurança alimentar do município, Banco de Alimentos e Secretaria de Educação, e estarão produzindo alimentos até o final do mês de maio.