Com os recentes debates sobre inclusão e diversidade no combate aos preconceitos étnico, racial e de gênero, as empresas têm buscado se renovar para construir um ambiente de trabalho mais plural. É o caso da Volkswagen Caminhões e Ônibus, que firmou, na semana passada, uma política de inclusão na fábrica e concessionárias.

“Acreditamos que um ambiente de diversidade favorece a inovação e soluções mais eficazes, além de criar um bom clima dentro da empresa”, disse o presidente Roberto Cortes.

Para isso, a montadora vai iniciar ações no setor de Recursos Humanos para a contratação de novos perfis e fazer debates com os dirigentes para gerar reflexão sobre o tema.

A Volks Caminhões tem, há dez anos, a política de inclusão de pessoas com deficiência: a montadora contrata e paga cursos profissionalizantes e faculdade para facilitar o ingresso no mercado de trabalho.