Foto: Divulgação

A Amazônia perdeu 1.499 mil km2 de floresta no mês de agosto, conforme dados do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Imazon anunciados pelo Climatempo. Trata-se de um volume recorde para esse mês nos últimos dez anos. Em comparação com agosto de 2019, o desmatamento aumentou 68%.

Só nos primeiros oito meses de 2020 foram desmatados 5.190 km2, 23% a mais do que no mesmo período em 2019.

O Pará abrange 37% do total desmatado e o Estado do Amazonas foi responsável por 19% da área desmatada. Os municípios mais atingidos foram Porto Velho (RO), com a destruição de 85 km2 de floresta no mês.

Lábrea, no Amazonas, e Altamiraa, no Pará, tiveram 72 km2 e 61 km2, respectivamente.