Parado há oito meses no mar do Caribe, cargueiro venezuelano está inclinado com 1,3 milhão de barris de petróleo

Foto: Reprodução CNN

 O navio cargueiro Nabarima, de bandeira venezuelana e transportando petróleo, está parada há oito meses no Golfo de Paria, na foz do delta do rio Orinoco, impedido de seguir com a mercadoria para os EUA por causa de sanções impostas pelo governo Trump, que proíbe a compra de petróleo da Venezuela.

O navio-tanque poderia estar correndo o risco de virar no mar do Caribe, o que poderia resultar o despejo de 1,3 milhão de barris de óleo na água.

A PDVSA, empresa estatal de petróleo da Venezuela, garante que a carga está segura, portanto não representa risco, mas ativistas ambientais divulgaram imagens da embarcação que mostram uma inclinação grande.

O Golfo de Paria fica no mar entre Venezuela e Trinidad Tobago e ambientalistas deste país pediram que o governo declare emergência nacional, devido o perigo que supostamente a embarcação oferece ao meio ambiente.

O Climainfo informa que NBC News, Newsweek e Oil Price deram mais informações sobre o assunto.