Uma composteira para eliminar o lixo da cozinha

2054
30248

Elétrico, equipamento não faz barulho e nem tem cheiro, elimina 90% do lixo e gera adubo para as plantas

O lixo é um dos grandes problemas da sociedade moderna, mas felizmente o hábito da separação e reciclagem está fazendo, pouco a pouco, que o volume de lixo caseiro descartado e enviado aos aterros sanitários seja cada vez menor, e, de quebra, cria-se um mercado de reciclagem que dá emprego a milhares de pessoas, reaproveita materiais e reduz o consumo de energia na produção.

Mas o lixo orgânico não tem jeito: tem que ser descartado, certo? Não, errado. O lixo orgânico também pode ser reaproveitado para a produção de adubo, basta destina-lo a uma composteira. Mas composteira é coisa para a área rural. Como fazer isso num apartamento, na cidade?

Um pequeno recipiente é suficiente para absorver boa quantidade de lixo orgânico, mesmo que o seu espaço seja restrito. E é fácil de fazer. Mas se você quiser ainda mais facilidade, saiba que o mercado oferece uma composteira elétrica, produto importado da Coréia chamado SmartCara.

Ela é pequena, prática e transforma resíduos alimentares em adubo em apenas três horas. Tem a capacidade de transformar um quilo de resíduos em 100g de adubo. O fabricante garante que é possível eliminar 90% dos resíduos orgânicos gerados numa residência.
O equipamento conta com um sistema de lâminas e controladores de temperatura e tritura qualquer tipo de alimento, desde cascas de frutas até ossos de frango. E não faz barulho.

Gera um pó seco desidratado e pulverizado, com aproximadamente 10% do tamanho original, que pode ser usado como nutriente para plantas ou combustível sólido em usinas, no lugar de madeiras ou carvão, o que resulta em energia renovável, redução de emissão de gases do efeito estufa e a melhora de nutrientes do solo. É auto limpante e um sistema de filtros elimina o cheiro.

A composteira elétrica custa R$ 2,3 mil e pode ser comprada pelo site www.smartcara.com.br.