Produção de grãos deve cair para 189,3 milhões de t

3915
15398

graos

Mesmo sendo considerado o setor da economia que menos sofre os efeitos da crise, o agronegócio não tem apresentado crescimento este ano. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informou que a produção brasileira de grãos da safra 2015/16 deve chegar a 189,3 milhões de toneladas, o que significa uma retração de 8,9%em relação à safra anterior, quando foram colhidas 207,7 milhões de toneladas, ou 18,5 milhões de toneladas a mais.

As culturas de inverno, como o trigo, tiveram crescimento de produção. A safra de trigo cresceu 13,5%, chegando a 6,28 milhões de toneladas, isso mesmo considerando que a área plantada teve uma redução de 12,5%, quer dizer: a colheita por hectare teve um aumento ainda maior.

O montante a ser produzido de soja chega a 95,6 milhões de toneladas, queda de 0,7% e o milho foi a cultura que apresentou as maiores reduções, com queda de 3,99 milhões na primeira safra e 11,5 milhões de toneladas na segunda.

Segundo a Conab, as principais razões da queda geral de produção foram a redução na área plantada, as estiagens prolongadas e as altas temperaturas.