Premiado projeto de Agricultura da Esalq

1916
12847

DRYLAND CHAMPIONS
O Projeto de Agricultira Familiar e resiliência socioecológica às mudanças climáticas no Semiárido Brasileiro, de Marina Souza Dias Guyot, da Esalq – da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, foi premiado no Programa Dryland Champions da United Nations Convention to Combat Desetification (UNCCD), ONU e Ministério do Meio Ambiente.

O projeto teve por objetivo a resiliência socioecológica às mudanças climáticas de sistemas de produção agroecológicos, por agricultores familiares no semiárido da Bahia.

O resultado foi demonstrado em duas publicações:

“Construção participativa de indicadores de resiliência às mudanças climáticas” (demonstra o passo-a-passo da construção dos indicadores utilizados no estudo) e “Agroecologia e resiliência às mudanças climáticas na agricultura familiar (apresenta os resultados das avaliações realizadas com 48 famílias de agricultores no Semiárido da Bahia).