Nissan movido à célula de combustível já provou que funciona

306
14805

Empresa é pioneira na tecnologia que reúne etanol, hidrogênio e eletricidade

O carro da Nissan movido à célula de combustível de óxido sólido (Sofc) foi submetido a testes e mostrou que pode ser uma opção viável para as emissões zero. O sistema funciona com energia elétrica de bioetanol.

O Brasil foi escolhido por ser um dos principais produtores de etanol do mundo.
O primeiro período de testes de abastecimento e uso no dia a dia demonstrou que a tecnologia de adapta perfeitamente ao uso cotidiano e ao combustível brasileiro.

O carro é abastecido 100% com etanol para carregar uma bateria de 24kWh que permite autonomia de mais de 600 km.

Combustíveis bioetanol são provenientes principalmente da cana de açúcar e milho. Devido à fácil disponibilidade de etanol e da baixa combustibilidade de água misturada ao etanol, o sistema não é dependente ou restringido pela infraestrutura de carregamento existente, tornando mais fácil para apresentar ao mercado.

A Nissan já tem o carro emissão zero Leaf, que também já roda no Brasil e 275 mil unidades vendidas no mundo.