GM ganha prêmio de sustentabilidade 

1380
13378

Montadora fez estudo sobre sistema de gerenciamento de energia nas unidades de São Caetano, Mogi e Gravataí

Um estudo compartilhando informações sobre o processo e os benefícios da criação de um sistema de gerenciamento de energia deu à GM o prêmio Energy Management Insight 2017, conferido pelo conselho Clean Energy Ministerial, um fórum global de alto nível que promove políticas e programas para promover energia limpa.

O prêmio, que envolveu as unidades de São Caetano do Sul, Mogi das Cruzes e Gravataí foi resultado do estudo de caso onde identifica os seguintes benefícios do seu sistema de gerenciamento de energia: 25.62% de melhoria de desempenho energético em 11 anos; 26.556,9 toneladas de carbono evitadas e preservação de recursos naturais nas comunidades onde a GM está inserida.

“Para nós, esse reconhecimento coroa os esforços para um ambiente e comunidade mais sustentável”, disse Marcos Munhoz, vice-presidente da GM Mercosul.

A tecnologia de tratamento de água por osmose reversa produz uma água de excelente qualidade, muitas vezes superior à da água de origem, que permite aplicação industrial irrestrita, com baixa salinidade e condutividade e isenta de micro-organismos. Ele permite o reuso de até 26 mil m³ por ano de água, evitando o consumo de água potável suficiente para abastecer o equivalente ao consumo de 100 casas populares. A água tratada com elevado teor de pureza é utilizada para fins não potáveis, como processo industrial, sanitários, irrigação, jardinagem e lavagem de pisos.