Cana vale seis vezes mais na cachaça

1905
105659

Uma tonelada de cana-de-açúcar é vendida pelo agricultor para a usina por R$ 60,00 para a produção de etanol. Mas se essa cana for destinada para a produção de cachaça ela vale R$ 400,00.

Com essa informação, a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), da Secretaria de Agricultura, demonstra ao pequeno produtor de cana-de-açúcar que é possível agregar valor na sua renda com a produção de cachaça artesanal. A ação da Secretaria está sendo feita na Agrishow, que vai até 05 de maio, em Ribeirão Preto.

Os técnicos da Apta apresentam as ferramentas usadas no processo de fabricação, o alambique e as dornas e os agricultores aprendem como produzir a cachaça e quais são os materiais necessários. Há no local uma mostra das cachaças produzidas na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Jaú, que também dá treinamento sobre o processo básico de produção de cachaça artesanal para os produtores de cana-de-açúcar e demais interessados no processo.

Hoje a produção brasileira é de 1,3 bilhão de litros de cachaça, dos quais 45% no Estado de São Paulo. São cerca de 40 mil produtores no País. De acordo com o Instituto Brasileiro de Cachaça (Ibrac), 99% dos produtores são de micro ou pequeno porte.