A arma da Kalashnikov para a mobilidade

0
27199

Motos de emissão zero vão patrulhar Moscou na Copa do Mundo

A fabricante russa de armamento Kalashnikov está investindo no negócio de motocicletas, com o lançamento de dois modelos elétricos.

As motos de emissão zero serão usadas pela policia da poluída cidade de Moscou durante a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Ao lado de Norilsk e São Petersburgo, Moscou é uma das cidades mais poluídas do país.

A moto elétrica tem potência máxima de 15 kW, que equivale a 20 cavalos e autonomia de 100 km na versão usada para patrulhamento e 150 km na versão militar.

A moto Kalashnikov é apenas o início da atuação da empresa de armas no segmento de mobilidade elétrica. Já há projetos mais ousados de mobilidade sobre duas rodas para o futuro.